Green” Cri-Cri da EADS voa pela primeira vez


A aeronave elétrica Cri-Cri, desenvolvida pela EADS,
 taxia em Le Bourget antes de seu voo inaugural. (Foto: EADS)
A aeronave elétrica Cri-Cri da EADS, desenvolvida em conjunto com a Aero Composites Saintonge e a Associação Green Cri-Cri Association, e apoiada pelo Musée de l’Air et de l’Espace da França, fez seu voo inaugural no aeroporto de Le Bourget, próximo a Paris, nessa quinta-feira, dia 2 de setembro.
O voo do Green Cri-Cri durou apenas sete minutos, 
que foram suficientes para serem testados os controles e alguns sistemas da aeronave elétrica. (Foto: EADS)
Essa aeronave “Green” Cri-Cri é a primeira aeronave acrobática equipada com quatro motores totalmente elétricos. Todos sistemas se comportaram bem durante o voo, conforme relatório da EADS, e ela pousou após apenas sete minutos.
“Essa aeronave voa muito suavemente, mas de forma muita mais silenciosa que uma aeronave com motores convencionais”, disse o piloto Didier Esteyne. “Mas nós estamos ainda começando e temos muito ainda a aprender. Nós teremos a permissão de começar a fazer manobras acrobáticas somente após cinco horas de voo e 15 pousos.”
O Cri-Cri é uma plataforma de testes de baixo custo para tecnologias elétricas, disse a EADS. O Cri-Cri é a única aeronave leve o suficiente para ser queipada com a atual tencologia de baterias e incorporar estruturas leves de material composto para reduzir o peso da fuselagem ainda mais, compensando o adicional peso das baterias.
A EADS espera que a aeronave elétrica Cr-Cri esteja apta a atingir os trinta minutos de autonomia numa velocidade de 110 km/h, voar 15 minutos de autonomia de voo acrobático em velocidades de até 250 km/h, e conseguir atingir uma taxa de subida de 5,3 m/segundos.
A aeronave foi oficialmente apresentada no evento Green Aviation Show em Le Bourget no mês de junho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Rastreamento da estação espacial