FAB traz várias atrações para o público nas comemorações de 7 de setembro em Brasília


Exposição de aeronaves, foguetes e equipamentos, simuladores de voo e desfile aéreo estão entre os destaques da participação da Força Aérea Brasileira (FAB) nas comemorações da Semana da Pátria em Brasília. Nos dias 4 e 5 de setembro, das 9h às 17h, a FAB estará com um estande na Exposição da Independência, no Parque da Cidade. As atrações para o público serão bem variadas. Os visitantes poderão, por exemplo, experimentar a sensação de pilotar um avião da Esquadrilha da Fumaça em um simulador de voo. Também terão a oportunidade de vestir um macacão de voo e posar para fotos ao lado de um helicóptero H-1H, que cumpre missões reais de busca e resgate.
Estarão expostos ainda os foguetes brasileiros VSB-30 e VS-40, equipamentos de controle de tráfego aéreo e meteorologia, motocicletas e maquetes de aeronaves. Uma atenção especial foi dada às crianças. Este ano elas poderão soltar a imaginação e conhecer um pouco mais sobre as aeronaves da Força Aérea na oficina de montagem de maquetes de papel dos aviões da FAB.
Ainda no rol das várias atrações preparadas aos visitantes, a Força Aérea FM também estará presente no local transmitindo uma programação especial com entrevistas, sorteio de brindes e jogo de perguntas e respostas.
Desfile
No dia 7 de setembro, a Força Aérea realizará Desfile Aéreo e Terrestre na Esplanada dos Ministérios. Mais de 400 militares da FAB desfilarão, enquanto no céu haverá a passagem de 28 aeronaves, incluindo sete aviões T-27 Tucano do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), conhecido popularmente como Esquadrilha da Fumaça.
Na véspera do desfile, dia 6 de setembro, às 9h, as aeronaves da FAB envolvidas na demonstração realizarão um treinamento sobre a Esplanada dos Ministérios.

Confira a  sequência do Desfile Aéreo
1. Passagem em formação de quatro F-2000, quatro F-5M, quatro A-1 e um avião-tanque KC-130;
2. Passagem em formação utilizada para reabastecimento com um KC-130, dois F-2000 e quatro A-29;
3. Passagem de dois C-105; e
4. Passagem dos T-27 da Esquadrilha da Fumaça.

Aeronaves no Desfile Aéreo
F-2000 Mirage
O F-2000 é um caça de interceptação e defesa aérea. Atinge mais de duas vezes a velocidade do som (2.300 km/h) e leva até seis toneladas de armamentos, como mísseis, bombas e foguetes. No Brasil, é operado pelo 1º Grupo de Defesa Aérea, sediado na Base Aérea de Anápolis (GO).
F-5EM
O F-5EM é um caça supersônico de defesa aérea e ataque ao solo. Com velocidade máxima de 1700 km/h e capacidade de transportar mais de três toneladas de armamentos, a aeronave foi modernizada pela Embraer e opera no Brasil a partir do Rio de Janeiro (RJ) e Canoas (RS).
A-1 
O A-1 é um caça fabricado no Brasil utilizado para missões de ataque e reconhecimento. Atinge 1.160 Km/h, tem um alcance de 3300 km e leva até 4 toneladas de armamentos. Os A-1 da FAB operam a partir do Rio de Janeiro (RJ) e Santa Maria (RS).
A-29
O A-29 Super Tucano é um turbohélice projetado e construído no Brasil para missões de ataque, treinamento e interceptação de pequenas aeronaves. A aeronave atinge 590 km/h, leva até 1,5 toneladas de armamentos e já foi exportada para Colômbia, Chile, República Dominicana e Equador. No Brasil, a aeronave opera a partir de Campo Grande (MS), Porto Velho (RO), Boa Vista (RR) e Natal (RN).

KC-130 Hércules

O C-130 Hércules é uma aeronave de grande porte capaz de levar até 20 toneladas de carga e pousar em pistas curtas. No Brasil, cumpre missões como o transporte de tropas, ressuprimento dos contigentes brasileiros no Haiti e na Antártica e reabastecimento em voo de caças. Atinge 592 km/h e tem um alcance de até 3.800 km.
C-105
O C-105 Amazonas é um bimotor turbohélice utilizado para transporte tático e logístico, com capacidade para mais de 9 toneladas, velocidade de 576 km/h e 4.300 km de alcance. No Brasil, opera a partir de Manaus (AM) e Campo Grande (MS).
T-27 Tucano – Esquadrilha da Fumaça 
O T-27 Tucano é um avião turboélice de treinamento e ataque leve desenvolvido pela Embraer e operado por 17 países. No Brasil, é utilizado na formação de novos pilotos da FAB na Academia da Força Aérea, em Pirassununga (SP), e pelo Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), conhecido popularmente como “Esquadrilha da Fumaça”.
Fonte: Agência Força Aére
a

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Rastreamento da estação espacial