Os cemitérios de aviões e o descaso com a Terra

Não são apenas os elefantes que precisam ir para os "campos de ossos", os grandes jatos comerciais, quando chega a sua hora de fazer o último vôo, vão para os piores desertos do mundo, normalmente localizados nos Estados Unidos, como o de Mojave.

A imagem do cemitério de aeronaves choca o senso ecológico, pois reflete nossa postura de conformidade com a provisoriedade de equipamentos e com o descarte. O avanço tecnológico tem impulsuionado o descarte de resíduos sólidos, pois os consumidores querem mais conforto, mais opcionais, mais, mais e mais.




Infelizmente neste roldão os recursos naturais do planeta tem ficado com menos, menos e menos. Quantos minérios estão imobilizados nestas sucatas de aviões?

A sociedade humana confia e espera cada vez mais da tecnologia, mas sem a correta filosofia estes avanços estão nos direcionando ao caos ambiental crescente. Precisamos de avanços tecnológicos que levem em consideração as questões ambientais e éticas.





As tecnologias de comunicação e informação deveriam substituir a maior parte dos deslocamentos de trabalho, para que as viagens pudessem ser reduzidas e mais dedicadas ao lazer, para que se buscassem veículos de transporte humano mais duráveis, confortáveis e seguros. Para que se pudesse adiar uma decolagem, evitando condições climáticas severas, como ocorria com as aeronaves mais antigas.


Estas mudanças tornam-se possíveis apenas se cada um de nós fizer o pouco que lhe cabe em termos de atitudes ambientais e solidariedade humana. Não é só uma questão de aviões, pois os seus cemitérios são apenas uma faceta de um quadro geral muito feio.


Por: Gladis Franck da Cunha.


Notas:
1-Para saber mais sobre cemitérios de aviões há um texto em inglês, disponível em:
http://www.desertusa.com/mag06/apr/airplane.html
2- Fonte da imagem: GTA BRASIL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Rastreamento da estação espacial