Na véspera da Copa, funcionários da British Airways iniciam nova greve

Companhia afirmou que vai manter 80% de seus voos de percurso longo.



Funcionários de bordo da companhia aérea britânica British Airways (BA) iniciaram, este sábado (5), uma nova greve de cinco dias, elevando para 18 os dias de paralisação desde março.

A BA informou que manterá 80% de seus voos de percurso longo e 60% dos de percurso curto partindo do aeroporto londrino de Heathrow. As operações nos aeroportos de Gartwich e London City, ambos na capital britânica, serão normais, acrescentou a empresa.
A companhia aérea espera, ainda, manter a totalidade dos 26 voos semanais previstos com destino à África do Sul, para onde milhares de torcedores desejam viajar antes do início do Mundial de futebol, que começa em 11 de junho.
Apesar de essa terceira onda de greves, que deve terminar no próximo dia 9, ser a última prevista, os sindicatos poderiam anunciar novas ações a menos que se chegue a uma solução para o conflito com os patrões.
O movimento de protesto teve início com reivindicações sindicais sobre as condições de trabalho. Esse ponto já foi resolvido, mas as duas partes se enfrentam agora pela retirada de certas retribuições aos grevistas.

Fonte: G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Rastreamento da estação espacial