Rio de Janeiro confirmado para temporada 2010 da Red Bull Air Race


A Red Bull Air Race está retornando para o Rio de Janeiro em 2010, exatamente três anos após um milhão de expectadores lotarem as prais para testemunhar o maior evento esportivo da história do Brasil. Defendendo o campeonato Paul Bonhomme venceu a prova na América do Sul em 2007 e o britânico estará juntamente com outros 15 dos melhores pilotos de corrida aérea do mundo, inclusive um brasileiro, nos dias 8 e 9 de maio, na terceira etapa de uma temporada de 8 corridas.





O retorno ao Rio de Janeiro será especial esse ano por causa que o Brasil terá seu primeiro piloto na categoria, o paranaense Adilson Kindlemann. O estreante de Curitiba avanço através de provas rigorosas de qualificação eé o primeiro piloto daAmérica do Sul a competir na mais excitante e de alta velocidade prova de esporte motor.

“O Rio é um loca especial e nós estamos se preparando para outra grande corrida aqui esse ano,” disse o CEO da Red Bull Air Race, Bernd Loidl. “As cerca de um milhão de pessoas que assistiram a corrida em 2007 se tornaram o maior público na história da corrida aérea e na história esportiva do Brasil. Isso é um grande feito, por si só. O povo brasileiro é fantástico e com o apoio da torcida eu tenho certeza que o próprio Adilson Kindlemann correndo em casa estará mais entusiasmado.”

A corrida será mais uma vez executada sobre a Baía de Botafogo e próxima a Estátua do Cristo Redentor e a montanha do Corcovado. A imensa platéia poderá acompanhar as manobras das aeronaves a partir dos hotéis que estão situados na avenida que costeia a baía.

Em 2007 Paul Bonhomme derrotou o espanhol Alejandro Maclean numa batalha pelo primeiro lugar e para alcançar a liderança da competição pela primeira vez. Foi um momento especial para o piloto britânico – a primeira de três vitórias em 2007 e a segunda de 11 vitórias de sua carreira. Foi também a melhor colocação de Maclean na temporada.

“De volta ao Rio? Fantástico,” disse Bonhomme. “De volta para a praia e ao sol radiante do Brasil e também para uma platéia incrivelmente emocionante. Vamos esperar que nós tenhamos mais diversão do que tivemos em 2007,” ele adiciona.

A corrida do Rio em 2007 também foi significativa para o austríaco Hannes Arch, um novato que assinalou uma grande promessa futura ao ficar em quarto lugar na sua segunda corrida. Arch veio a ganhar o título mundial em 2008. Kindlemann, campeão de acrobacia aérea no Brasil por três vezes consecutivas, entre 2001 e 2004, era uma das milhões de pessoas que assistiram a primeira histórica corrida no Rio de Janeiro.

“A vibração da corrida no Rio em 2007 foi simplesmente incrível,” disse Kindlemann, que visava ganhar uma posição entre os pilotos da corrida enquanto assistia a prova. “Eu estou muito feliz de ter alcançado meu objetivo de entrar. Eu sei que é o sonho de milhões de brasileiros em ver um compatriota na Red Bull Air Race. Os brasileiros tem uma paixão natural por velocidade,” ele adiciona, apontando a popularidade do Brasil na Fórmula 1 e na Red Bull Air Race. “A expectativa em mim está começando a ficar elevada.”

Sete dos 15 pilotos desse ano correram no Rio em 2007. A Red Bull Air Race irá ocorrer em um total de oito localidade em 2010, começando em Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos) nos dias 26/27 de março seguido de Perth (Austrália), Rio de Janeiro, Windsor (Canadá), New York (EUA), EuroSpeedway, Lausitz (Alemanha), Budapeste (Hungria) e Lisboa (Portugal).



Fonte: Red Bull Air Race

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Rastreamento da estação espacial