Foto: Foto ilustrativa 
Foto: Foto ilustrativa
 
Um voo da companhia Cathay Pacific que fazia o trajeto entre Riad (Arábia Saudita) e Hong Kong (China), no último dia 17 de novembro, precisou fazer um pouso de emergência depois que a tripulação descobriu, pouco depois da descolagem, que nenhum dos dez banheiros do avião estava funcionando.

Segundo a porta-voz da Cathay Pacific, Carolyn Leung, a companhia registrou três incidentes envolvendo problemas nos banheiros em aeronaves Airbus A330 e A340 nas últimas duas semanas. O caso mais grave foi o que ocorreu no dia 17.

Na ocasião, o piloto precisou fazer um pouso de emergência em Mumbai, na Índia, o que provocou um atraso de 18 horas em um voo que normalmente demora apenas oito horas.

Outros dois voos afetados por problemas nos banheiros foram registrados no dia 9 de novembro, em um avião que ia de Roma (Itália) para Hong Kong, e no dia 19 de novembro, durante voo entre Dubai (Emirados Árabes) e Hong Kong.

Nos dois casos, o número de passageiros precisou ser limitado a menos de 240, depois que a tripulação descobriu, antes da decolagem, que apenas os banheiros em um dos lados do avião estavam funcionando.

A porta-voz afirmou que a causa exata dos problemas ainda não foi esclarecida, mas destacou que foram encontrados nos canos, durante a limpeza do sistema, frascos de medicamentos, meias, artigos de vestuário e brinquedos de pelúcia. 


Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Rastreamento da estação espacial